Blog

Construir seu relacionamento....
23 Nov 2016 23 Nov
Categoria: Artigos
Comment count: 3
Acessos: 596
Última Atualização: Quarta, 27 Dezembro 2017 13:49

Construir seu relacionamento....

10 perguntas para construir seu relacionamento em torno de sua personalidade

Conhecer a si mesmo é o caminho para encontrar o seu companheiro ideal

Durante séculos temos sido socializadas para caber-nos em moldes pré-determinados e me pergunto se isso é algo que muitos de nós têm extrapolado para nossas vidas amorosas.

Agora parece que estamos vivendo em uma época de maior auto-consciência e com esta consciência vem escolhas. Anteriormente, muitas escolhas foram feitas por nós: que carreira seguir, qual o melhor parceiro para casar, que tipo de estilo de vida devemos viver, e assim por diante. Agora nós podemos fazer muitas destas escolhas sozinhas e tomá-las com base no que se encaixa na nossa personalidade e nossas motivações.

Ter escolhas pode ser difícil para alguns porque isso significa que temos de realmente conhecer a nós mesmos, a fim de tomar boas decisões para a nossa vida. Ter escolhas também pode criar um estado mental de guerra entre o que queremos fazer e o que nós sentimos que os outros esperam que façamos.

Abraçando a nossa responsabilidade sobre a nossa própria vida gera sentimentos diversos. Traz sentimentos de controle e capacitação, alegria profunda e muitas recompensas, recompensas inestimáveis. Mas também gera o medo do fracasso e pode fazer com que algumas pessoas se sentirem presas.

Assim, quando se trata de namoro, como você deve tomar grandes decisões? O melhor caminho é explorar quem você é para que possa construir seus relacionamentos em torno de sua personalidade, e não moldar sua personalidade em função do seu companheiro.

Para conseguir isso, há perguntas básicas que devem ser feitas e refletidas.

- Qual é a minha personalidade?

- O que é muito importante para mim? Sentir-me livre como um pássaro? Financeiramente seguro? Viver perto da família? Ser aventureiro?  Compartilhar crenças religiosas?

- O que meus últimos relacionamentos românticos ensinaram-me sobre o que eu gosto e quero?

- O que meus relacionamentos românticos últimos ensinaram-me sobre o que eu não gosto e não estou disposto a aturar?

- O que a minha relação com a minha mãe me ensinou sobre mim?

- O que a minha relação com o meu pai me ensinou sobre mim?

- O que o relacionamento dos meus pais me ensinaram sobre o tipo de casamento que eu quero?

- O que o meu trabalho e experiências de vida ensinaram sobre mim mesma?

- Que tipo de pessoa iria complementar a minha personalidade (não necessariamente combiná-lo)?

- Como deve ser meu futuro cônjuge para possibilitar que eu consiga coisas importantes para mim?

Essa é a sua vida, e você deve ser paciente consigo próprio para meditar e responder essas perguntas.

Pode demorar um tempo para você realmente chegar ao cerne de que tipo de parceiro você quer como um cônjuge. Se você se apressar esta decisão, pode cometer erros que levam a más escolhas que atrasam a sua felicidade. Lembre-se: quanto mais você ficar com o parceiro errado, menos tempo você estará na estrada que lhe levará ao parceiro ideal para você.

Copyright © 2016 Mika Monteiro - Desenvolvido por LogoMídia